Porque sou Bolsonaro

0
564

Venho estudando os possíveis candidatos à Presidência da República há um bom tempo. Vivemos uma época em que a rejeição aos políticos atingiu seu ápice. No momento, nenhum nome é consensual e faltam políticos com uma trajetória de luta pelos interesses do povo que representa. Na verdade, os políticos são muitos, mas os que são gestores, pouquíssimos. Aqueles mais conhecidos e que aparentemente se destacaram em uma área ou outra, terminaram seus mandatos como fichas-sujas, condenados por desvios e abusos. Tenho como princípio o liberalismo econômico e os valores conservadores. Não sou um ignorante político, leio uma diversidade de livros, pesquisas e artigos sobre o assunto. Gosto de trocar ideias e de participar de audiências ou de um bom debate. Uma das coisas que aprendi durante toda a minha vida como policial federal foi realizar análises da conjuntura o mais próximas da realidade possível, sem margens de erros que pudessem comprometer a investigação. Tenho como princípio o liberalismo econômico, os valores conservadores, o respeito aos direitos dos cidadãos, à democracia e à liberdade de expressão.

Por isso afirmo que, hoje, Bolsonaro é a única escolha ao combate à corrupção, ao que o “establishment” quer ditatorialmente impor: um novo nome para dar continuidade ao governo de esquerda. Não é à toa que existe uma enorme campanha articulada para desgastar sua imagem. A ideia é passar uma percepção distorcida para as pessoas sobre o que Bolsonaro defende e critica. Por ele ser de direita, inventam absurdos e citam frases que ele disse em meio a discussões, nas quais ele foi agredido, colocando suas palavras em outro contexto, enquanto apoiam os que o atacam. Já li posts afirmando que Bolsonaro não gosta de gays, por exemplo, ao mesmo tempo em que li posts de gays divulgando seu apoio à candidatura. A idolatria atual é mais pelo o que ele representa e menos pela sua pessoa. Bolsonaro não tem medo de falar o que muitos querem ouvir, mostra coragem para tratar de  temas polêmicos quando muitos se calam ou se omitem para não perder votos e para ficar bem na mídia de esquerda.

Acho, sem dúvida, Bolsonaro uma opção melhor que os candidatos corruptos e cara-de pau do passado ou que os do presente. Mas não vejo Bolsonaro e qualquer outro como salvador da pátria. Até porque muitas decisões não dependem dele, mas do Congresso, e infelizmente do STF e de outras instituições. Minha tendência natural é ser a favor de Bolsonaro e esses são os meus motivos. Também a escolha de Bolsonaro pelo liberal Paulo Guedes como ministro contribuiu para minha tomada de decisão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here