Um sinal com muitos ruídos.

0
708
PCC-CV
Há muito relegamos a segurança pública um papel secundário, deixando sempre para um futuro próximo decisões que deviam ter sido tomadas há muito tempo. Sempre contamos com a sorte. Dizem que a sorte ajuda os loucos e as crianças.
O crime a partir da Ilha Grande na década de 70 aprende a ter um mínimo de organização, deixando de ser uma massa amorfa para se transformar em algo com reconhecimento, planejamento e execuções inéditas até então. O crime havia mudado e o Estado não entendia o que estava ocorrendo. Desconfiava que a guerrilha havia voltado dado o nível de profissionalismo das ações.
O Comando Vermelho “nasce” segundo palavras de William da Silva das demandas dos presos que decidem se organizar para sobreviver. Será por um tempo a única facção. O tempo, as ambições e os desentendimentos fazem com que surjam várias dissidências que vemos hoje no Rio. A própria topografia da cidade ajudaria na fragmentação do crime. Em galinheiro sem galo todo mundo manda.
Até o surgimento do Primeiro Comando da Capital em 1993, o Rio era a referência de crime organizado. Entretanto São Paulo, sempre inovando, consegue fazer com que o perfil do Primeiro Comando mude de acordo com o mercado. A história do PCC  é  a de uma empresa de sucesso. Começa municipal, vira estadual, nacional, transfronteiriça e agora transnacional. Coisa de gente que não tem tempo a perder. Afinal o dinheiro nunca dorme.
Colocando num caldeirão – um país com sérios problemas econômicos , políticos,  segurança pública sem respaldo e crime organizado temos a receita infalível para o caos. E caos não é como cair em um buraco. Ele vai se instalando vagarosamente através de pequenas ações. O Rio nos mostra ao vivo e em cores o rumo que o país está tomando.
Willem Pine
Willem Pine é um apaixonado por história e um observador não muito atento do cenário nacional.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorMinha nota de repúdio à Senhora Carla Zambelli
Próximo artigoA Oralidade da História
Carlos Arouck
Agente de Polícia Federal - Bacharel em Direito - Licenciado em Administração de Empresas - Foi Instrutor Academia Nacional de Polícia - Palestrante na área de Segurança Pública - Fundador do Movimento Brasil Futuro (MBF) - Consultor de Cenários Políticos - Consultor de Estratégia de Segurança Pública

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here